Sobrecarga Materna

Apesar da sociedade falar de uma carga invisível que a mulher carrega, eu prefiro dizer que ela muito visível… só é ignorada, pois é tratado como algo normal e inerente a maternidade.

A mulher se torna mãe e junto com esse novo papel vem toda uma carga que assumimos (e ainda é provável que algumas digam: você quis ser mãe, agora aguenta).

Por trás de um filho bem cuidado, existe uma mãe que deu duro, que abdicou de tantas coisas, que perde sono, cuidados básicos… e que muitas vezes vive um desamparo infinito (da família, do parceiro, dos amigos próximos), cobranças e críticas cruéis e uma solidão de chorar escondida no banho… porque a nós (mães) não nos é permitido se cansar, chorar, reclamar, afinal “você escolheu ser mãe, agora aguenta”. Infelizmente, é a frase mais triste de se ouvir.

Essa carga (in)visível não acaba por aí… cada mãe sabe o peso que carrega (junto com todas as cobranças e críticas) e a dor de não ser compreendida!


Suzanne Leal

Imagem: Noelle Mirabella

Deixe uma resposta