Como seu diálogo interno pode mudar seu cérebro

O diálogo consigo mesmo pode ajudá-lo a fortalecer áreas cerebrais, contribuindo para o melhor gerenciamento do estresse e regulando o humor. Ao contrário, pensamentos negativos podem levar ao desgaste emocional.

Cuidado para não ser seu pior inimigo, cultivando pensamentos internos de que “você merece pouco”, “você está sempre errado”, “você não vai conseguir nunca”, etc. Pensamentos como estes levam a um ciclo abusivo de autossabotagem, deixando-o mais vulnerável ao desenvolvimento de transtornos de ansiedade e depressão.

Foto por LinkedIn Sales Navigator em Pexels.com

A forma como você se enxerga e o que você diz para si define suas atitudes diante da vida.

O diálogo interno é um fenômeno complexo que tem forte impacto sobre como nos vemos, tanto de forma positiva quanto negativa.

Algumas pesquisas mostram que esse diálogo interno negativo podem enfraquecer estruturas neurais, deixando as pessoas mais vulneráveis ao estresse e aos desenvolvimento de transtornos mentais. Estas questões afetam diretamente sua saúde de forma geral.

O autocuidado é essencial para o nosso bem-estar.

Luna Ranzani
Publicitária

Deixe uma resposta