Vazio emocional crônico

Sensação de nunca estar satisfeito, de não se sentir preenchido, motivado.

“Sinto a vida passar por mim, não sinto nada, é apenas um vazio, uma dormência, perdido e adormecido”.

Essas foram as palavras que ouvi outro dia. A apatia é diária. Na verdade, você não sente vontade ao menos de sair da cama.

É cansativo, exaustivo. Muitas pessoas experimentam esse sentimento em algum momento da vida. No entanto, se esse sentimento se tornar rotineiro, é preciso acender o alerta. Algo não está bem.

“A vida nunca se torna insuportável pelas circunstâncias, mas apenas pela falta de significado e propósito.”
(Victor Frankl)

Foto por Edu Carvalho em Pexels.com

Em busca de preencher esse vazio, muitas pessoas buscam formas prejudiciais para se sentirem vivas de alguma forma. Algumas se envolvem em relacionamentos destrutivos, outras consomem substâncias prejudiciais, etc.

Encontra-se preso a um ciclo viciante que só tende a piorar.

Algumas dicas de como lidar com o vazio emocional:

  • Primeiro: aceitação sobre como você se sente. Reconheça seus sentimentos. Seja sincero consigo mesmo.
  • Compreenda seus sentimentos. O vazio também fala e tem um significado. Busque compreender o que esse sentimento fala sobre você.
  • O autoconhecimento é essencial neste momento. Trata-se de um processo diário. É preciso conhecer-se para saber o que quer.
  • Ao se conhecer, você consegue identificar atividades que te fazem bem. Encontre algo que te faça sentir-se bem, uma vocação.
  • Reconheça o que você tem e seja grato.

“Até que você se valorize, você não vai valorizar o seu tempo. Até que você valorize seu tempo, você não vai fazer nada com ele.”
(Scott Peck)

“Não somos responsáveis por nossas emoções, mas somos responsáveis pelo que fazemos com elas”.
(Bucay)

“O homem é originalmente caracterizado por sua “busca por significado” em vez de sua “busca por si mesmo”.
(Viktor Frankl)

Lembre-se: sentir-se perdido tem um significado.

Ana Paula Cibelly
Coach em desenvolvimento Pessoal

Deixe uma resposta