Colo de mãe

Respire fundo.
Sei que está difícil agora.
Mas saiba que você carrega dentro de si a cura para toda essa exaustão.


A cura para as feridas que estavam adormecidas e germinaram na maternidade.
Respire e olhe nos olhos desse serzinho que está ao seu lado, indefeso, inocente e que precisa do seu cuidado e proteção.
Seus corações batem em sincronia.
Você é o abraço que ele precisa, o colo que acalenta.

Foto por Kristina Paukshtite em Pexels.com


Escolha a paz do acolhimento, mesmo quando a exaustão grita aos seu ouvidos.
Construa laços de amor e deixe que eles curem as feridas da sua alma.
Seu abraço é morada e calma para o seus filhos.
Repouse nos pequenos braços e no beijo sincero.
Ninguém nunca mais te olhará com tanta admiração e pureza.
Mas antes de tudo, neste mundo fora de controle, descanse, seja gentil com você mesma.

Suzanne Leal
Psicóloga

Deixe uma resposta