wood love art heart

Como se sentir melhor após um rompimento

Términos nunca são fáceis. Quem nunca viveu dias de dor após o fim de um relacionamento?

Infelizmente, muitas vezes não lidamos com o término de uma maneira saudável. Seja qual for o motivo, tenho certeza que já se perguntou se há uma maneira mais fácil de lidar com o coração partido.

Não existe fórmula mágica, até porque cada pessoa possui mecanismos de defesa próprios, enfrentando de forma diferente.

Mas algumas atitudes podem ajudar neste processo para que possa se sentir melhor, sem se afogar em hábitos prejudiciais como: beber bastante ou comer alimentos não saudáveis exageradamente.

Reconheça seus sentimentos

Apesar de querermos que a dor passe logo, é importante que você reconheça seus sentimentos. Parte do processo de cura é se permitir a sentir a dor para que possa elaborá-la. Isto evita que você fique remoendo algumas questões que podem ter te machucado no relacionamento.

Permita-se chorar, falar, escrever. Organize seus sentimentos, valide sua dor.

No entanto, se ainda assim voce não se sentir melhor, busque ajuda profissional.

Jogue fora algumas lembranças

Se você possui objetos do seu ex na sua casa, talvez seja bom se livrar deles, principalmente se ao vê-los, sinta que a dor fica maior. Aproveite para reorganizar sua cada, mude móveis, faça uma nova decoração. Jogue fora não somente lembranças do seu ex, mas coisas que você não usa mais.

Você pode doar pra caridade. Alguém pode estar precisando dessas coisas que você não usa mais.

Apague também o perfil do seu ex das redes sociais, evite procurá-lo na internet, saber o que está fazendo. Tudo isso pode ser muito doloroso. Quanto menos conexões, mais fácil será seguir em frente.

light fashion man people
Photo by Alena Darmel on Pexels.com

Faça um fechamento da história

Nem sempre cortar todo o contato é suficiente. O fechamento é quando você precisa por fim àquelas coisas que ficaram mal resolvidas. Você pode escrever uma carta dizendo tudo que você gostaria (mas não envie). Este processo se dá pelo fato de você extravasar seus sentimentos e não de querer que ex sofra porque você está sofrendo.

Além do mais, enviar uma carta escrito tudo que te magoa pode causar um efeito negativo ainda maior e você poderá se arrepender depois.

Se você precisar compartilhar a carta com alguém, procure um amigo ou um profissional.

Faça uma lista das coisas negativas

Geralmente, após o término, as pessoas se focam nas coisas positivas devido ao sentimento de falta no momento e acabam esquecendo dos motivos pelos quais a relação não deu certo.

Por isso, faça uma lista dos motivos que te incomodavam, magoavam… todos aqueles motivos pelos quais o relacionamento chegou ao fim. Por exemplo: se o ex mentia com frequência ou sempre fazia você se sentir mal consigo mesma.

Trata-se de um exercício de perspectiva que vai te ajudar a entender porque é melhor que vocês não estejam juntos.

Cuide mais de você

Aproveite este momento para redescobrir quem você é, seus ideiais, seus gostos. Estar sozinha pode ser um momento de auto descoberta e de muita liberdade.

Busque novas experiências, visite outros lugares, conecte-se com outras pessoas. Descubra as coisas que te fazem bem e coloque-as no seu dia a dia. Faça algo que você gosta e que seu ex não concordava que fizesse. Experimente a liberdade de ser você.

Aceite o término

Sabemos que em alguns momentos bate a esperança de uma possível reconciliação. No entanto, quando isso acontecer, fique atenta aos motivos do término. Caso contrário, ficará presa numa relação que já não existe mais.

É hora de seguir em frente.

Aprenda o que puder com a relação para que busque relações que te faça bem.

Seja paciente com você. Nem sempre é rápido e na maioria das vezes leva tempo. Mas você vai chegar lá e quando menos esperar, praticamente não estará mais pensando no seu ex.

Este artigo foi útil pra você?

Ana Paula Cibelly
Ana Paula Cibelly

Coaching em relacionamento

Você também pode gostar

Quer publicar seu artigo no Diário Ampla?
Clique aqui e saiba como.

Deixe uma resposta