banking business checklist commerce

Você só toma decisões ruins? Veja alguns motivos.

Algumas decisões que tomamos na vida são mais significativas como, por exemplo, o casamento, mudar de cidade, ter filhos, escolha da profissão, etc. Outras são mais triviais, como: o que comer no almoço, que roupa vestir para o trabalho, etc. Independente do tipo, tomamos dezenas de decisões por dia.

Ao rever algumas decisões que você tomou na vida, você poderá se questionar porque tomou (poucas ou muitas) decisões ruins. Muitas vezes estas escolhas são irracionais. Refletir sobre elas não te impedirá de tomar decisões ruins no futuro, mas te ajudará a ter uma compreensão mais profunda sobre você mesmo e do ‘porquê’ de tantas escolhas ruins.

publicidade

Clique aqui para conhecer o curso

Acontece que, muitas vezes, nosso cérebro precisa fazer escolhas rápidas e para isto utiliza “atalhos cognitivos”, o que nos leva a fazer uma escolha sem avaliar todas as consequências possíveis.

Outro motivo: a escolha idealizada. Sim, muitas escolhas são feitas de forma tendenciosa. Escolhemos algo acreditando que acontecerá do jeito que imaginamos. E a realidade é bem diferente, pois não temos controle sobre muitas coisas da vida. Um exemplo disso: escolher um parceiro ruim acreditando que ele irá mudar.

Então, como podemos diminuir ou minimizar o impacto negativo das nossas escolhas?

– O primeiro passo é tornar-se mais consciente das suas decisões. O autoconhecimento é um longo processo, mas te traz mais clareza e segurança sobre si mesmo.

– Observe os parâmetros que utiliza ao tomar decisões, principalmente se são decisões semelhantes tomadas anteriormente.

– Cuidado com o otimismo exagerado. Isso mesmo. Claro que devemos ser otimistas sobre a nossa vida. No entanto, o otimismo exagerado pode te levar a uma escolha ruim. Quando nos damos conta de que algo ruim pode acontecer, tomamos mais precauções e a possibilidade de algo dar errado é menor.

Este artigo foi útil pra você?

Você também pode gostar

Quer publicar seu artigo no Diário Ampla?

Clique aqui e saiba como.

Pesquisar

Pesquise por categoria

Leia também

  • Reflexão Global
    Estamos em um momento oportuno de reflexão global, em que todos percebem, de alguma maneira, que não podemos mais seguir vivendo do mesmo modo que vivemos até aqui. Líderes mundiais não sabem mais o que fazer nos dias de hoje, pois pensam conforme princípios estabelecidos há séculos, quando o que importava, basicamente, era o crescimento…
  • Como aumentar sua autoconfiança
    Construir autoconfiança requer um forte sentido de autoestima. As pessoas autoconfiantes conseguem olhar para as suas vidas de uma forma mais positiva e geralmente estão mais satisfeitas e respeitam a si mesmas. Caso você possua baixa autoconfiança, ela pode ser desenvolvida como qualquer outra habilidade. publicidade Se você não acreditar em si mesmo, quem acreditará?…
  • Abandonei meus sonhos ao escolher ser Mãe?
    Texto curto, simples e sincero. Um recado para as mães, leia abaixo: publicidade Há dias que nos sentimos paralisadas e frustradas.Tantas coisas queríamos fazer, tantos sonhos em segundo plano.No entanto, não sobra espaço, nem tempo, nem disposição…Bate angústia, cansaço… Mas dentre todo esse turbilhão de momentos confusos, é importante lembrar: eu não falhei, nem desisti.Escolhas…
  • É preciso ressignificar experiências para vivermos mudanças necessárias
    Ressignificar experiências pode lhe dar coragem para grandes mudanças. Mudar no sentido de buscar novos significados e uma nova perspectiva acerca da sua vida, de forma mais leve e menos angustiante, possibilitando uma transformação positiva. A psicoterapia poderá te ajudar nesse processo, identificando determinados aspectos em sua vida e crenças disfuncionais que possam estar sendo…
  • Qual a relação da dopamina com a saúde mental?
    O que é a dopamina e qual o seu papel? A dopamina trata-se de um neurotransmissor que está envolvido em mencanismos de recompensa, motivação e vício, dentre outros. Seu papel é transmitir mensagens entre neurônios, implicando em uma diversidade de funções cerebrais. Sua relação com a saúde mental é devido ao seu importante papel na…

Quer publicar seu artigo no Diário Ampla?

Clique aqui e saiba como.

Deixe uma resposta